Tubarão: detentos ganham direito à prisão domiciliar

Foto: reprodução

A 2ª Vara Criminal de Tubarão determinou que 96 detentos do regime semiaberto do Presídio Regional (masculino) fiquem em prisão domiciliar pelos próximos 30 dias. Os presos desse regime, diariamente, saem da unidade para trabalhar e retornam no período da noite para dormir na prisão. Com essa medida, a justiça previne uma possível proliferação de Covid-19 dentro do sistema carcerário.

Em hipótese alguma o detendo poderá sair de dentro da residência familiar. Caso ocorra, às autoridades poderão leva-los para o regime fechado novamente.