Tubarão deve ter cinco candidatos à Prefeitura; Sangão e Jaguaruna também se organizam

Foto: reprodução

Prefeituráveis

Apesar da pandemia do novo coronavírus ter esfriado um pouco a pré-campanha na Cidade Azul, alguns partidos continuam se movimentando e fortalecendo sua nominata de pré-candidatos a vereadores, pois sabem, que, são esses candidatos os maiores cabos eleitorais para uma eleição majoritária. Falando nisso, o quadro de pré-candidatos ao Paço Municipal de Tubarão permanece o mesmo:

Cristiano Ferreira – MDB

Jó Kruger – PSC

João Fernandes – PL

Joarez Ponticelli – PP

Luciano Menezes – PSL

Marcos Brunato – PSDB

Mexicano – PDT

O PT afirma que terá candidatura própria, mas até o momento não apresentou oficialmente nenhuma pré-candidatura.

Vice-Prefeituráveis

O único pré-candidato a vice definido até o momento é o atual Caio Tokarski (PSD). O político consolidou sua liderança no governo municipal, e mostrou – mais uma vez – sua grande capacidade de articulação, aumentando a bancada do partido de três para cinco vereadores durante a janela eleitoral. Perdeu um e conquistou três da oposição. Quanto aos demais partidos, muito provavelmente vão seguir sem um nome para vice até as convenções. Mas na política, tudo muda muito rapidamente. O interessante é ficar de olho, e isso a gente tá.

Tempo de TV

Em Tubarão, a campanha eleitoral, além do rádio, também é veiculada em canal televisivo, o que desperta nos pré-candidatos à prefeitura um olhar mais romântico aos partidos já constituídos na cidade, mas que não possuem uma nominata de pré-candidatos organizada. Assim, o taxados como ‘partido nanico’ são os que mais atraem os olhares. Nessa conquista do amor perfeito o tempo de TV cresce. Amor verdadeiro é tudo.

Lideranças de Bancadas Atualizadas

Passado o período da Janela Eleitoral, os partidos tiveram que atualizar seus líderes na bancada da Câmara:

PP – Júlio Kurisquinho

PSD – Chumbinho

MDB – Socadinho

PL – Ainda não definiram

CIDADANIA – Eraldo

PT- Paulão

Pelo andar da carruagem, tem sigla que vai dar adeus à casa em dezembro...

Número de Pré-Candidatos à Vereadores

Em um breve levantamento, caso a Câmara Municipal mantenha as 17 cadeiras para o próximo mandato, os tubaronenses terão, no mínimo, 180 candidatos para escolherem. Opção não faltará.

PRB

Outro partido que vem trabalhando focado em conquistar uma ou duas cadeiras no legislativo municipal, é o Partido Republicano Brasileiro (PRB), ligado à Igreja Universal, o partido possui uma forte nominata de pré-candidatos a vereadores e estão alinhados ao governo municipal.

Dizem por ai...

Que tem pré-candidato a vereador que se arrependeu de ter ido pro “outro lado”...

Que nos bastidores da câmara municipal a redução de vereadores já é realidade...

Que tem secretário municipal novo que ainda não conseguiu recolher a caneta do ex-secretário...

Que as eleições municipais serão adiadas para novembro e dezembro...

Que essas brigas lá encima, podem respingar no cenário político por aqui...

PSL em Sangão

O PSL, partido do governador Carlos Moisés e pelo qual o presidente Jair Bolsonaro se elegeu, também se organiza em Sangão. A legenda fechou o período da janela partidária com 59 filiados. Por lá o partido tem como pré-candidato a prefeito Fábio do Juarez, como é conhecido. Ex-PSC, ele atuava como comunicador na rádio comunitária do município.

Os vizinhos

Já em Jaguaruna, a aposta do PSL é no atual prefeito Edenilson Montini da Costa. Ele deixou o MDB e migrou para o partido em fevereiro deste ano junto com outros 17 prefeitos e sete vices catarinenses. O ato foi uma arrancada da legenda aqui no estado visando as eleições municipais deste ano.

Já os Progressistas

Ainda em Sangão, é praticamente certa a candidatura do ex-prefeito Castilho Silvano Vieira pelo PP. Atualmente ele ocupa um cargo comissionado na Câmara de Vereadores de Tubarão. Em 2016, Castilho chegou a vencer a reeleição, mas foi considerado inelegível para o cargo pelo Tribunal Superior Eleitoral por apontar sua nova gestão como um terceiro mandato. Por causa da decisão, o município teve uma inédita eleição suplementar em 2017. O PP se manteve na prefeitura ao eleger Dalmir Carara Cândido que não pretende se candidatar à reeleição.