Tubarão negocia meia-atacante Robertinho com o Maringá

Caio Maximiano
Caio Maximiano
Foto: William Lampert | CA Tubarão

Uma das principais revelações do Tubarão, o meia-atacante Robertinho foi negociado com o Maringá. O jogador de 21 anos segue em definitivo para a equipe paranaense e o Peixe mantém um percentual dos direitos econômicos de olho em uma futura venda. O atleta foi anunciado nesta segunda-feira (12) e já treina com os novos companheiros. O contrato foi assinado até dezembro de 2022.

Sucesso na base e início promissor no profissional
Robertinho chegou ao Tubarão em 2017 para as categorias de base. Acumulou duas participações em Copa São Paulo e um vice-campeonato Catarinense Sub-20. Caiu nas graças da torcida logo na sua estreia como profissional, em 2019, contra o Joinville, pela última rodada do turno do Campeonato Catarinense. Escalado como titular, o meia precisou de apenas 12 minutos para conquistar o coração do torcedor. Após acertar uma bola na trave, ele balançou as redes e abriu o placar na vitória por 3 a 2 na Vila. Era o início da reação do Tubarão, que conseguiu ficar na primeira divisão. Robertinho não saiu mais do time e atuou como titular até o último jogo, o da permanência, novamente contra o Joinville.

Estreia de Robertinho pelo Tubarão teve gol e bola na trave.
Foto: Wiliam Lampert | CA Tubarão

Empréstimos para clubes da Séries B e C do Brasileiro
No segundo semestre, Robertinho seguiu como titular do Tubarão na Série D, inclusive marcando gol, contra o São Caetano, no Anacleto Campanella. Logo, as boas atuações chamaram a atenção do Figueirense, que contratou o jogador por empréstimo para a Série B. Em sua estreia, no Independência, precisou de apenas dois minutos em campo e um toque na bola para marcar o seu primeiro gol com a camisa do Figueira, na goleada por 4 a 0 contra o América-MG. Robertinho foi utilizado em outros 18 jogos na segunda divisão, além de duas partidas pela Copa Santa Catarina.

Robertinho em ação pelo Figueirense na Série B. Foto: Matheus Dias | FFC

Em 2020, retornou para o Tubarão para a disputa do Campeonato Catarinense. Robertinho esteve em 8 dos 11 jogos do Peixe na competição. Ele foi titular nas duas partidas do playoff do rebaixamento, contra o Concórdia, mas não conseguiu evitar o descenço da equipe à segunda divisão. Após o fim do Catarinense, Robertinho iria reencontrar um velho conhecido. Luizinho Vieira, seu antigo treinador no Tubarão, pediu à diretoria do Volta Redonda (RJ) a contratação do garoto.

Robertinho durante sua passagem pelo Volta Redonda. Foto: André Moreira | VRFC

Perda de espaço no Volta Redonda, retorno ao Tubarão, sondagens e saída
Com Luizinho Vieira, Robertinho foi bastante utilizado, sendo inclusive titular em quatro partidas. Como opção na segunda etapa, ele esteve em campo em outras 16 partidas. O meia acabou perdendo espaço com a demissão de Luizinho e encerrou sua passagem no clube da Cidade do Aço sem marcar gols. O contrato de empréstimo foi encerrado no fim de janeiro e o Voltaço não exerceu a opção de compra.

Após retornar à Vila pela segunda vez, Robertinho estava desde janeiro treinando com os remanescentes da Copa Santa Catarina. Recebeu sondagens de clubes como Concórdia, Manaus e São Luiz, mas acabou acertando com o Maringá para a disputa do Campeonato Paranaense.

Robertinho treinando pelo Maringá nesta segunda-feira (12). Foto: Divulgação / Maringá FC
Caio Maximiano
× Fale com o Infosul