Vítimas da Covid-19 no Brasil seria o suficiente para dizimar 12 cidades da região

Imagem: print de tela

Os mais de 87 mil mortos registrados no Brasil, em decorrência do novo coronavírus, mantém o país na segunda colocação do ranking mundial como nação que mais perdeu cidadãos para a doença. Além do registro de óbitos, o Brasil também é o segundo da lista com mais indivíduos infectados pelo vírus. Ambas as categorias são lideradas pelos Estados Unidos.

Diante do cenário catastrófico, a Agência Lupa, em parceria com o Google News Iniative, desenvolveu um produto de visualização de dados para colocar o leitor no centro da epidemia do novo coronavírus, simulando como ficaria sua vizinhança se todos os mortos pela doença se concentrassem ao seu redor. A plataforma digital inicia a imersão com o seguinte questionamento: E se todos os mortos por Covid-19 fossem seus vizinhos?

O objetivo de No epicentro é mostrar ao usuário, a partir de referências familiares, o tamanho da epidemia no país. Ainda que o resultado da simulação não seja um reflexo exato da realidade, colocar todas as vítimas do novo coronavírus “ao lado” do usuário é uma forma de aproximar a tragédia da percepção de cada um.

Se formos regionalizar a experiência, o novo coronavírus já teria dizimado o equivalente a população de 12 municípios da Amurel, levando em consideração os dados do IBGE/2019, confira:

Dados: IBGE/2019

O acesso ao site é gratuito e pode ser conferido aqui. Faça a experiência e compartilhe.